Definição da Região Hidrográfica

A RH II compreende os municípios de Engenheiro Paulo de Frontin, Itaguaí, Japeri, Paracambi, Queimados e Seropédica em suas totalidades e parcialmente os municípios de Barra do Piraí, Mangaratiba, Mendes, Miguel Pereira, Nova Iguaçu, Piraí, Rio Claro, Rio de Janeiro e Vassouras. As principais bacias hidrográficas são Bacia do Santana, Bacia do São Pedro, Bacia do Macaco, Bacia do Ribeirão das Lajes, Bacia do Guandu (Canal São Francisco), Bacia do Rio da Guarda, Bacias Contribuintes à Represa de Ribeirão das Lajes, Bacia do Canal do Guandu, Bacia do Guandu-Mirim, Bacias Contribuintes ao Litoral de Mangaratiba e de Itacurussá, Bacia do Mazomba, Bacia do Piraquê ou Cabuçu, Bacia do Canal do Itá, Bacia do Ponto, Bacia do Portinho, Bacias da Restinga de Marambaia, Bacia do Piraí. A definição das regiões hidrográficas do Estado do Rio de Janeiro foi estabelecida pela Resolução do Conselho Estadual de Recursos Hídricos n. 107 de 22 de maio de 2013.

 

Situação de Planejamento

O Plano Estratégico de Recursos Hídricos das Bacias Hidrográficas dos Rios Guandu, da Guarda e Guandu Mirim (PERH Guandu) foi elaborado em 2006, e aponta uma série de problemas decorrentes da forma do uso e ocupação do solo e gestão dos seus recursos hídricos. Com base nos problemas identificados na fase de diagnóstico, o PERH Guandu propõe diversas ações e investimentos prioritários para a melhoria das condições de qualidade, quantidade e gestão dos recursos hídricos da bacia, como também diretrizes para a sua implementação. O Plano de Investimentos do PERH Guandu foi orçado em cerca de R$ 1,5 bilhão, valor que abrange três componentes de ações e investimentos: recuperação de qualidade ambiental, proteção e aproveitamento dos recursos hídricos e gerenciamento de recursos hídricos. Estima-se que os investimentos sejam implementados ao longo de 20 anos (2006 a 2025), correspondente ao horizonte de planejamento adotado no Plano; agrupados em três etapas de implantação, no curto prazo (2006-2010), médio prazo (2011-2015) e longo prazo (2016-2025). 
 

Situação da Região Hidrográfica

O Comitê de Bacia Hidrográfica do rio Guandu, da Guarda e Guandu Mirim vem acompanhando a aplicação do Plano vigente e já iniciou o processo para a atualização deste documento.