Pular para o conteúdo Pular para o menu principal
Portal do Governo do Estado do Rio de Janeiro

O Inea divulga diariamente em seu site, os boletins de qualidade do ar, baseados na metodologia concebida pelo Pollutant Standard Index (PSI), desenvolvida pela Agência de Proteção Ambiental Americana (Environmental Protection Agency – EPA), a qual busca padronizar o processo de divulgação da qualidade do ar pelos meios de comunicação. Os parâmetros utilizados para compor o IQAr são: material particulado em suspensão (total e inaláveis), dióxido de enxofre, monóxido de carbono, ozônio e dióxido de nitrogênio.
 

Para expressar a relação entre o índice da EPA, os padrões de qualidade do ar e as respectivas consequências para a saúde, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) desenvolveu um sistema de qualificação associado aos efeitos sobre a saúde, independentemente do poluente em questão. Para divulgação, utiliza-se o índice mais elevado, que traduz a pior qualificação, para determinar as características de uma dada região, ou seja, a qualidade do ar em uma localidade é determinada pelo pior caso (maior concentração) dentre os poluentes medidos.
 

Dessa forma, observa-se que, tanto a legislação ambiental Nacional vigente, quanto os indicadores da qualidade do ar, elaborados de forma a equalizar a informação gerada para a divulgação, foram desenvolvidos em duas bases temporais distintas, de acordo com o tempo de exposição a que fica sujeita a população: curto e longo períodos.
 

Os indicadores de curto período de exposição são relativos à exposição aguda, por um período de uma ou de 24 horas, e, de uma maneira geral, tem por objeto a determinação de poluentes prioritários às ações de políticas públicas de saúde e de transporte ou, quando couber, de controle ambiental.
 

Já os indicadores de longo período de exposição, referem-se à exposição persistida, para poluentes que possuam padrão anual de qualidade do ar conforme a Resolução Conama nº 03/90. Estes indicadores, além de identificarem áreas prioritárias às ações de controle da poluição do ar, constituem-se em instrumentos basilares à implementação da gestão da qualidade do ar, visto que refletem os níveis de poluição a que a população se encontra permanentemente submetida.
 

O boletim de qualidade do ar é divulgado pelo INEA diariamente às 16 horas, onde é apresentado um resumo das condições da poluição atmosférica das 24 horas anteriores e uma previsão meteorológica das condições de dispersão dos poluentes para as 24 horas seguintes.

 

No novo Portal do Inea, você poderá acessar dados do índice de qualidade do ar desde 01 de janeiro de 2014.  

IMPORTANTE: consultas a Rede Semiautomática de Monitoramento da Qualidade do Ar devem ser feitas com o horário e data específicos. Sempre às 13:00 e nos dias estabelecidos na Programação Anual de Amostragem. Os procedimentos de operação da rede semiautomática ocasionam atraso na publicação dos resultados.

 

Box do mapa
baixar (jpg, 237Kb)

Mapa da qualidade do ar

Selecione os links abaixo para mais informações.

Médio Paraíba Metropolitana Norte Fluminense