Institucional

29/11/2016

O Projeto de Olho no Lixo, inciativa da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), em parceria com o Viva Rio Socioambiental, participou, neste sábado (26/11), com uma oficina do Ecomoda de atividades de educação ambiental e cultural, na biblioteca Parque da Rocinha, na comunidade da Rocinha, Zona Sul do Rio. Nesse mesmo dia, também houve uma oficina do Ecomoda na Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem.

Na igreja, os moradores da Rocinha participaram de uma oficina de estamparia com tinta orgânica. Já na biblioteca, foi oferecida uma oficina de produção de bolsas a partir de banners. Além disso, atividades como rodas de capoeira, teatro e palestras sobre cidadania e políticas raciais foram disponibilizadas para a população presente no evento.

O resultado do trabalho dos alunos da Rocinha foi apresentado, no mês passado, em um desfile de moda sustentável, com uma coleção composta por 238 peças entre roupas, bolsas e acessórios produzidos a partir de restos de tecidos, retalhos, roupas usadas e até sacolas plásticas de supermercados e nylons texturizados de torcidas de times de futebol, que teriam como destino a lata do lixo.

Projeto De Olho no Lixo

Fruto de cooperação técnica entre a Secretaria de Estado do Ambiente e o Viva Rio Socioambiental, com apoio da Associação dos Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj), o Projeto De Olho no Lixo desenvolve trabalho de manejo correto dos resíduos sólidos na Rocinha, visando a minimizar o impacto negativo provocado pelo lixo.

Além da coleta de lixo, que é realizada por 30 agentes socioambientais, o projeto De Olho no Lixo tem outro eixo de atuação que é o de educação ambiental, cultura e comunicação que pretende evitar a continuidade de lançamento dos resíduos pelos moradores e transformando lixo em arte e renda. Para isso, são desenvolvidos na comunidade dois cursos gratuitos: Funk Verde que oferece oficinas de percussão e teoria musical com o reaproveitamento de materiais retirados do lixo para a confecção de instrumentos musicais; e o Ecomoda, voltado para a capacitação em produção de acessórios e peças de vestuário, a partir do reaproveitamento de retalhos, tecidos, jeans usados e banners.​