Institucional

11/04/2017

O combate aos crimes ambientais na Região dos Lagos ganhou um reforço. A 8ª Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) foi inaugurada, nesta sexta-feira (7/4), no município de Cabo Frio, atendendo uma antiga reivindicação de moradores e ambientalistas da região.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Polícia Militar, a Prefeitura de Cabo Frio, que cedeu parte das instalações do Parque Municipal Dormitório das Garças para a instalação da Unidade de Policiamento Ambiental, em Porto do Carro, e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) que fez obras de melhoria na estrutura que abriga a unidade.

A UPAm irá atuar na fiscalização para reprimir crimes ambientas em toda a Região dos Lagos, principalmente nos municípios abrangidos pelo Parque Estadual da Costa do Sol, administrado pelo Inea: Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Saquarema e São Pedro da Aldeia.

Ao participar da cerimônia de inauguração, o comandante geral da PM, coronel Wolney Dias Ferreira, destacou que a Região dos Lagos ganhou um importante aliado na luta para reprimir crimes ambientais e elogiou a parceria com o Inea e com a administração municipal de Cabo Frio:

“A Região dos Lagos é rica em recursos naturais e precisava de um braço policial para apoiar as ações de fiscalização e assim preservar essa riqueza. A tropa irá atuar em toda a Região dos Lagos, desde Saquarema, incluindo os municípios de Casimiro de Abreu, Rio das Ostras e Macaé. É a nossa polícia se empenhando no cumprimento do seu dever, mesmo neste momento difícil, de crise que estamos vivendo”, disse o comandante.

O comandante da Polícia Ambiental, coronel Mario Márcio Fernandes, ressaltou que a 8ª UPAm veio para preencher uma carência policial na área ambiental da Região dos Lagos:

“Vamos atuar principalmente na preservação da Mata Atlântica, reprimindo desmatamento ilegal e na fiscalização da pesca no sistema lagunar de Araruama além da apoiar as ações de fiscalização do Inea, que administra o Parque Estadual da Costa do Sol, e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) que administra a Reserva Extrativista de Arraial do Cabo, e as Reserva Biológicas Poço das Antas, em Casimiro de Abreu, e da Fazenda União, em Rio das Ostras”, ressaltou o coronel Fernandes.

O superintendente de Biodiversidade e Florestas da Secretaria de Estado do Ambiente, Fernando Matias, destacou a importância da parceria com a polícia militar nas ações de combate aos crimes ambientais:

“Um exemplo é o projeto De Olho no Verde que utiliza imagens de satélite de alta resolução para identificar áreas desmatadas, o que nos ajuda a direcionar as ações de fiscalização com apoio de parceiros como a Polícia Ambiental”, explicou Fernando Matias.