Institucional

13/09/2018

Agentes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizaram, na segunda-feira (10/09), a soltura de uma espécie de tartaruga Cágado-Amarelo (Acanthochelys radiolata), quase ameaçada de extinção, na restinga do Parque Estadual Costa do Sol, situado na Região dos Lagos.

Segundo a equipe do órgão estadual ambiental, o animal foi encontrado andando por uma pista próxima à unidade de conservação e, de imediato, levado para a sede do Parque. O réptil não apresentava lesão.

“Com a ajuda da equipe de guarda-parques, recebemos o animal silvestre e solicitamos a inspeção do animal por veterinários. Após essa avaliação, sendo positiva, realizamos o manejo do animal na zona de amortecimento do parque, sem prejudicar a sua fauna”, disse o gestor do Parque Estadual da Costa do Sol, André Cavalcante.

A tartaruga Cágado-Amarelo habita desde a costa leste do Brasil, da foz do Rio São Francisco até o Estado de São Paulo, lagoas litorâneas ou de baixa altitude.

Administrado pelo Inea, o Parque Estadual Costa do Sol abrange uma área de aproximadamente de 9.840,90 hectares dividido em quatro setores compostos por uma ou mais áreas distintas dos municípios de Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Saquarema e São Pedro da Aldeia.