Institucional

21/09/2018

Na dia 10/9, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), após receber o chamado de um morador, por intermédio da Secretaria do Meio Ambiente de Barra do Piraí, reuniu a equipe técnica para realizar a captura e transporte de uma onça-parda, conhecida também como suçuarana. No Brasil, a onça-parda está presente em todos os biomas, e hoje está na lista de espécies ameaçadas de extinção.

O animal foi encontrado em uma armadilha feita pelo próprio morador, e de imediato, foi levado para o Jardim Zoológico de Volta Redonda por técnicos do Inea, onde permaneceu sob cuidados dos biólogos do Zoo. A fêmea, adulta, apresentava escoriações leves.

Após fazer uma série de mapeamentos, o Inea realizou a soltura do animal no domingo (16/9) em uma área com grande remanescente florestal, uma vez que sua presença é fundamental no equilíbrio ecológico.

A onça-parda é um mamífero carnívoro da família Felidae e gênero Puma, nativo da América. Mais solitário e ativo à noite, se alimenta de diversos mamíferos como cervídeos, pacas, cutias, porco-do-mato, entre outros.

Com a destruição de seu habitat e fragmentação das áreas florestadas, e consequentemente a redução de oferta de alimento, as onças muitas vezes se aproximam de propriedades rurais em busca de alimento e acabam atacando galinhas, bezerros e ovelhas, causando um conflito com os proprietários. Nesses casos é importante reforçar os galinheiros, recolher os animais em estábulos durante a noite e colocar cães por perto, pois as onças também se assustam com barulhos, luzes e movimentação.