Notícias |13.05.2022

Inea recolhe 20 toneladas de resíduos na Área de Proteção Ambiental de MaricáAção contou com apoio da prefeitura e de voluntários

Nesta terça-feira (11/5), o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), por meio da Área de Proteção Ambiental (APA) Estadual de Maricá, e a prefeitura realizaram um mutirão de limpeza no território da unidade de conservação. A ação retirou 20 toneladas de lixo do local.

A atividade ocorreu por meio da utilização de equipamentos e maquinários disponibilizados pelo Serviços de Obras de Maricá (Somar), dentro do território da APA, na área da Restinga de Maricá. Entre os resíduos coletados estão pneus, móveis, brinquedos, vaso sanitário e materiais de plástico e vidro. Os pneus serão destinados a uma iniciativa responsável pela reciclagem do produto, e voltarão à cadeia produtiva.

“Essa atividade é um excelente exemplo dos grandes impactos positivos que uma aliança entre o Governo do Estado, as prefeituras e a população local pode provocar. Somente com a colaboração dessas três esferas podemos atingir nossa meta de um Rio de Janeiro mais verde”, afirmou o presidente do instituto, Philipe Campello.

“Selecionamos um trecho para começarmos, mas ainda há muito a ser feito. Essa é uma região que, infelizmente, ainda sofre com descartes irregulares e, por isso, queremos implementar uma agenda fixa mensal de ações de limpeza”, explicou a gestora da unidade de conservação, Camille Kaurowsky. O descarte irregular de resíduos em vias públicas e em áreas de proteção ambiental é crime, passível de multa.

A atividade contou com a participação de cerca de 40 pessoas, entre voluntários e servidores do Inea e do Somar da prefeitura de Maricá.