Notícias |02.03.2019

Inea reprime estacionamentos irregulares em áreas protegidas da Região dos Lagos

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizou, na sexta-feira (1/3), mais uma operação, a terceira em menos de uma semana,  para combater crimes ambientais no Parque Estadual da Costa do Sol, localizado na Região dos Lagos. A fiscalização foi desencadeada a partir de denúncias recebidas pelo órgão ambiental estadual e contou com apoio do Batalhão da Polícia Militar de Cabo Frio.
A ação se concentrou em Búzios e o objetivo foi  reprimir estacionamentos irregulares construídos  em áreas protegidas do município.
A equipe percorreu a praia Brava onde encontrou três estacionamentos irregulares localizados no entorno do parque, a cerca de 50 metros dessa praia e, na  praia do Forno, os técnicos flagraram outro espaço para receber veículos. Todos tiveram as atividades suspensas pelo Inea.  No momento da fiscalização, não havia ninguém no local.
O Parque Estadual Costa do Sol foi criado em 2011 com o objetivo de assegurar a preservação dos remanescentes de Mata Atlântica e ecossistemas associados dessa região de baixadas litorâneas (restingas, mangues, lagoas, brejos, lagunas), possibilitando  a recuperação de áreas já degradadas.
A unidade de conservação abrange parte dos municípios da chamada Região dos Lagos: Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Saquarema e São Pedro da Aldeia.

Em destaque