Sobre a Pesquisa Científica nas UCs

Um dos principais objetivos de todas as categorias de Unidade de Conservação (UC) é possibilitar a realização de pesquisas científicas. Isso porque estes estudos expandem o conhecimento sobre a biodiversidade, os diversos ecossistemas, os saberes tradicionais e as relações sociais associadas às áreas protegidas. De acordo com a Lei n° 9.985/2000 de 18 de julho de 2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza, a execução de pesquisa científica em UCs depende de autorização prévia do órgão responsável pela unidade e está sujeita às condições e restrições por ele estabelecidas.

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), por meio de seu Núcleo de Pesquisa (Nupes), fomenta, apoia e incentiva a realização de pesquisas científicas nas Unidades de Conservação sob sua administração. Para que este conhecimento possa ser revertido em benefícios à comunidade e à gestão das Unidades, é necessário que os pesquisadores façam o pedido de licença de seus projetos de pesquisa e encaminhem suas publicações ao Nupes.

Os interessados em desenvolver projetos de pesquisa em Unidades de Conservação precisam preencher o formulário para pedido de autorização de pesquisa e encaminhá-lo ao Inea, junto com a documentação indicada no link abaixo, conforme disposto no Artigo 3º da Portaria IEF/RJ/PR nº 227/2007.

Conheça os documentos necessários para solicitação de autorização de pesquisa.

Os documentos impressos podem ser entregues pessoalmente ou enviados por correios. Atenção! O endereço para entrega pessoal não é o mesmo para envio pelos correios.

Entrega pessoal:
Instituto Estadual do Ambiente – Inea
Núcleo de Pesquisa – Nupes/Dibape
Avenida Marechal Floriano, 45, 3° andar.
Edifício Mário Bulhões Pedreira
CEP: 20.080-003

Envio por correio:
Instituto Estadual do Ambiente – Inea
Núcleo de Pesquisa – Nupes/Dibape
Avenida Venezuela, 110.
Saúde – Rio de Janeiro – RJ
CEP: 20.081-312

Para acessar as listas de pesquisas cadastradas e publicações sobre as Unidades de Conservação, acesse a aba “Pesquisas e publicações” no menu à esquerda. No caso das pesquisas realizadas na Reserva Ecológica de Jacarepiá, na Estação Ecológica Estadual do Paraíso e no Parque Estadual Marinho do Aventureiro, consultar, respectivamente, as abas da APA de Massambaba, do PE dos Três Picos e da RDS do Aventureiro.

Os Parques Estaduais da Chacrinha e do Grajaú estão sob administração da Prefeitura do Rio de Janeiro. Para solicitar autorização de pesquisa nestas unidades, entrar em contato com a SMAC – Secretaria Municipal de Meio Ambiente.