Notícias |06.10.2021

Equipes da Seas e do Inea visitam Projeto Aquapolo em São PauloIniciativa já chegou à marca de 100 milhões de litros de água de reúso produzida

Equipes da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas) e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) visitaram, na última semana, o Projeto Aquapolo, localizado na cidade de São Paulo.

Liderados pela subsecretária de Recursos Hídricos, Ana Asti, 27 técnicos estiveram no Aquapolo, a fim de conhecer as instalações da maior planta de produção de água de reúso da América Latina. Integraram a visita também técnicos da Cedae e do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Guandu.

Com uma capacidade de produção de 1m³/s, o Aquapolo transforma as águas residuárias da ETE ABC em água para reúso, que é distribuída para o polo industrial do ABC Paulista. Desde a sua criação, a iniciativa já chegou à marca de 100 milhões de litros de água de reúso fornecida para 14 plantas industriais, de 9 clientes na região.

O projeto serve de inspiração para a implementação da prática do reúso de água em larga escala no território fluminense.

“Atualmente, Seas e Inea trabalham em parceria, na produção da regulamentação do Decreto 47.403/2020, que institui a política pública de reúso de água para fins não potáveis e, que irá permitir que projetos como este se consolidem no ERJ. É a Economia Circular a favor da preservação dos nossos recursos hídricos, aumentando a segurança hídrica para um desenvolvimento econômico verdadeiramente sustentável”, afirma a subsecretária Ana Asti.

Em destaque