Notícias |19.03.2020

Inea suspende visitas nas unidades de conservação estaduaisEstá proibida a visitação nas trilhas, cachoeiras, praias e demais atrativos; sedes e centros de visitação estão fechados

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) suspendeu, temporariamente, as visitas nas unidades de conservação estaduais administradas pelo órgão ambiental. Portanto, estão fechadas as sedes e os centros de visitantes, e estão proibidos os passeios pelas trilhas, cachoeiras, praias e demais atrativos. A iniciativa tem por objetivo diminuir a propagação do novo coronavírus e garantir a segurança e a saúde das pessoas.

A medida adotada pelo instituto atende o decreto estadual nº 46.970, de 13 de março de 2020, publicado pelo governador Wilson Witzel que suspende, por um prazo de 15 dias, a realização de eventos e atividades com a presença de público, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, shows, feiras, eventos científicos, comícios, passeatas e afins, em locais abertos ou fechados.

O Inea administra 38 unidades de conservação distribuídas pelo Estado do Rio de Janeiro que protegem cerca de 477.339 hectares de Mata Atlântica.

Em destaque